Intimidade

Depois que meus olhos pousaram sobre seu doce rosto, nunca mais fui o mesmo, encantei-me pelos seus belos olhos, meu coração saltitou de felicidade, tamanha foi que já não tinha mais dúvidas de que ele já te conhecia de outras épocas.

Um encontro de almas assim, como o nosso é coisa rara de se acontecer, só quem já foi apresentado ao amor verdadeiro pode sentir, um coração vibrando tão forte que se abalam as estruturas, o frio na boca do estômago, os lábios secam, formigam-se as mãos e, aquela vontade louca de sair ao seu encontro. A sensação é de que nossas almas se abraçam antes mesmo de nós, algo como o sentido de mãe que sabem quando o filho se aproxima, sem mesmo ter olhado à janela. Pelas suas confidencias, também provaste do mesmo amor que o eu.

Ah, cupido meu, acertaste em cheio. Depois de tanto tempo assim, a sós, sem dividir meu coração com mais ninguém, entendo que a vida me pregou uma peça, dificultou-me no sentido de achar alguém ideal como você, Por Deus, onde estavas? Gritava seu nome sem te conhecer, clamava incansavelmente por ti, conduzi-a com todo o carinho pelos meus sonhos, de tanto que sonhei acreditei que a realidade estava lá dentro deles.

Desde que você lançou aquele seu olhar sabia que era você a mulher da minha vida. Anjo, de olhos esverdeados, branca como a neve, lábios do pecado e mãos de fada, precisei sentir o mel da sua boca, doce, tão gostosa, macia, e mantive meus olhos abertos para ver-te o quão real era.

Meu Anjo! Pouco importa se tu sejas mais velha que eu, aprendi tanto com a vida e, para você também, não foi fácil chegar até aqui, te conhecer e realizar este sonho, posso dizer que valeu a pena. A você meu anjo, perfeita, imaculada quero apenas viver este amor tão grande que pulsa agora em meu coração, para todo o sempre, minha rainha. Tantas histórias, tantos desencontros e acho em ti a minha inspiração, você é mesmo real, desde o toque da sua pele ao calor dos seus lábios, seu perfume e cabelos livres, arrumados pelos ventos, perfeita, linda, amor da minha vida.

Tenho certeza de que nos conhecemos em outras vidas e, como bons malucos que somos, devemos ter colocado à prova o nosso amor no universo, lançando assim… à sorte nesta vida, onde nossa única missão seria de que um dia nos reencontraríamos novamente em algum lugar, desafiando assim todas as teorias sobre a vida e seus mistérios, o amor verdadeiro. E quando este dia chegasse, sentiríamos este mesmo desejo que perpetua à eternidade e, essa sensação única no universo de encontrar o maior dos sentimentos, a magia do amor. Aqui estamos novamente, juntos, vivendo a intimidade de nossas almas, provando a nós mesmo e aquém acreditar que existe sim um amor verdadeiro, inabalável e eterno.

Texto inspirado por uma conversa com uma grande amiga e leitora Elisa – Barueri SP. Que me cobrou fortemente sua publicação. Aqui está conforme prometido Elisa.

“Feliz ano novo a todos vocês amigos, leitores deste cantinho chamado Blog do Reportter no qual tenho muito carinho! Estive ausente por alguns dias à motivo de trabalho e planejando um ano incrível e claro, a saúde da minha pequena que adoeceu neste período e necessitou do meu apoio. Está tudo bem e ficará bem, creio fortemente.  Se Deus assim permitir estaremos aqui mais um ano lendo coisas boas de toda essa gama de talentos de vocês, meus amigos.Feliz 2016 a todos e sucesso a todos nós. ”

Robson Joaquim

 

 

Anúncios

21 comentários sobre “Intimidade

Gostou? Deixe seu comentário será uma honra!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s