Mais Solidariedade, por favor!

Imagem

por Robson Joaquim

Uma palavra simples e com teor mundial, de acordo com o dicionário significa: Sentimento que leva os homens a se auxiliarem mutuamente, ou melhor, compromisso pelo qual as pessoas se obrigam umas pelas outras.

Falar sobre solidariedade é muito fácil, qualquer um pode discursar sobre horas e despertar as melhores emoções das pessoas, mas então, porque apesar de tudo parece que a solidariedade está cada dia mais insuficiente? O ato solidário não acontece apenas nos grandes e graves acontecimentos do mundo, é uma qualidade que deveria fazer parte do nosso dia-a-dia, nas pequenas coisas e se houvesse essa cultura de solidariedade nos pequenos atos, grandes tragédias não aconteceriam.

O ser solidário é muito mais que se comover com a dor do outro, ser solidário é deixar seu mundo particular e abdicar seu próprio ego, é doar-se para o próximo com sua companhia, afinal, a solidariedade é o amor ao próximo e pode ser demonstrado em seus pequenos gestos como cumprimentar, sorrir para seus funcionários, escutar um amigo que está com dificuldades, dar passagens no trânsito, ler histórias para nossas crianças, respeitar os direitos do idoso entre outras tantas coisas simples que fazem toda a diferença.

É reservar um momento para estar junto com a família, participar juntos das refeições, é triste vermos geralmente aos Domingos, por exemplo, perto do horário do almoço senhores de família tomando sua cervejinha com os seus amigos na padaria e a esposa correndo para supermercados e pequenos comércios debaixo de forte sol para comprar os últimos ingredientes do almoço, almoço este às vezes ermo, não é?

Solidariedade não é apenas doar cestas básicas, água, remédios ou roupas, a sua presença ou sua palavra amiga pode ser o gesto mais nobre que existe. Vemos pessoas que andam apressadas de olho nos tablets e celulares, tão desconcentrados do mundo a sua volta, pobres hipnotizados por tecnologias e esquecem-se do humanismo, ser solidário virtualmente é fácil basta clicar em um botão e pronto! Você ajudou alguém do outro lado do mundo, mas e a sua família? Seu vizinho? Um desconhecido como aquela senhora com criança de colo que você deixou em pé no ônibus e não cedeu o seu assento?

Ser solidário na vida real é trabalhoso, principalmente se não praticamos com tanta frequência, mas é honroso, nos faz sentir verdadeiros seres humanos e assim percebemos o quanto estamos ligados uns aos outros, e então temos a noção de que mais do que uma sociedade, somos uma autêntica família universal, ser solidário sim é contribuir cada dia mais para um mundo melhor, para uma sociedade cada vez mais justa e harmoniosa e a única recompensa, talvez a mais gratificante seja um muito obrigado.

Anúncios

Gostou? Deixe seu comentário será uma honra!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s