Meus dois Pais?

Imagem

por Robson Joaquim

Todos são iguais perante a lei e de livre arbítrio, ou seja, sem distinção de raça, cor, sexo e tem seu direito de escolha. Há quem defenda que um assassino, um ladrão, homossexuais, drogados, estuprador são humanos e por isso são acobertados por esses direitos iguais aos seus, cidadão comum.

Não se pode torturar um assassino na cadeia, pois os direitos humanos se encarregam de apontar os trechos de leis marcados com um marca-textos verde fluorescente. Por quê? Outra questão é que todos nós nascemos com fraquezas e precisamos aprender durante esta vida que aqui partilhamos. Um drogado por sua fraqueza é aprisionado no mundo das drogas, outro sua fraqueza pela bebida alcoólica o aprisiona, agora não pode pega-lo a força e exigir um tratamento como assistimos aos telejornais esses dias, porque força-lo está contra os princípios da lei.

Mas estas fraquezas não são julgadas? Ladrões de galinhas e assassinos são presos, espancadores de esposas são pegos na lei Maria da Penha, terroristas em outros países presos ou mortos, aqui no Brasil muitos políticos roubam a nação e estão soltos, o garotinho ali da esquina rouba uma bolacha para saciar a fome e é encaminhado ao instituto do adolescente, Idosos abandonados e torturados pela família ou terceiros e nada acontece.

Agora, casais do mesmo sexo esta nova onda mundial não poderia ser encarada como uma fraqueza humana? Sim, porque desde o princípio do universo, a criação de Deus ou a mãe natureza como preferirem é distinguida e equilibrada em dois gêneros (macho e fêmea), isto ocorre entre os animais, vegetais, partículas e não são diferentes entre o homem e a mulher que Deus criou a sua imagem e semelhança simbolizada por Adão e Eva, aqueles do Paraíso. Durante o dilúvio, Noé colocou um casal (macho e fêmea) de cada espécie dentro da arca, e depois disso se reproduziram e testemunhamos o que vemos hoje.

Formar casal entre homens ou entre mulheres porque não podem infligir à lei da natureza, os princípios divinos, ou seja, macho com fêmea? Infligir os costumes de uma família tradicional Marido, Esposa e filhos. Não quero aqui julgar ou ir contra os direitos universais dos homossexuais, é apenas um ponto de vista, meu em particular. Cada um tem suas escolhas. Em alguns países já se legalizam casamentos homossexuais e inclusive permitem a adoção de crianças.

No caso da adoção de crianças que é o meu ponto em questão, é permitir uma criança crescer sem o equilíbrio entre o pai e a mãe, não permitindo conhecer os seus defeitos e qualidades, o comportamento natural das coisas, o carinho da mãe é excencial, mesmo que seja adotado. Entendem-me?
Se dados os nossos defeitos chamamos de fraquezas pelas leis existentes, existe o ditado popular que diz é melhor prevenir do que remediar, quero dizer que podemos então combater essas fraquezas dentro de casa mesmo, ou seja, atentando as fraquezas entre familiares, filhos, irmãos etc… E o orientando quanto a estas fraquezas.

Agora de acordo com as leis do homem, Todos são iguais perante a lei, e de livre arbítrio, ou seja, sem distinção de raça, cor, sexo e tem seu direito de escolha. Cada um examine sua consciência e suas fraquezas.

Anúncios

Gostou? Deixe seu comentário será uma honra!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s