Essa daqui também é boa…

Vendedor

Esta daqui também é boa… É a resposta mais exata quando se procura por produtos de uma determinada marca que aquele estabelecimento não provém no estoque, ou simplesmente não conhece, nunca ouviu falar.

Claro que com todo o espírito empreendedor o vendedor vai tentar te empurrar os produtos da loja dele, com sua “melhor marca” e acredita fielmente que de fato é a melhor opção. Alguns clientes até são encantados pela conversa do vendedor e sem mais, levam o produto da loja.

Se você é acostumado com uma marca de café, uma qualidade de arroz, aquele molho de tomate, você pensa, poxa… É alguns centavos mais caro, mas é um produto que não me dá alergia, ninguém de casa reclamou ou é muito mais saboroso… Assim por diante, derrepente se dá falta do produto em casa e sai à caça dele nas redes comerciais do bairro, e é ai que começa uma peleja.

Logo ao entrar na loja, o vendedor lança!
– Bom dia! em que posso ajudá-lo?

– Bom dia, estou procurando um produto tal da marca tal, você possui?

– Deixe me ver no estoque, por favor, só um minuto.

Três minutos se passaram e ele retorna, com o produto na mão, Peraí! Este não é o produto que estou procurando…

– Senhor, não tenho este produto, na verdade não trabalho com esta marca, mas “esta daqui também é boa!” nunca ninguém reclamou.

– Desculpe, Qual o seu nome mesmo?

– Carlos, Senhor!

– Então Carlos, eu procuro este produto, mas de marca tal, agradeço sua boa vontade, mas desconheço esta marca, aliás, nunca ouvi falar..

– Na verdade Senhor, não trabalhamos com esta marca Tal, porque a nossa margem de lucro é pequena e só temos esta marca no momento.

-Ok. Muito Obrigado Carlos, Bom dia!

Tenho reparado nisso por diversas vezes, o tal de “Esta daqui também é boa”, que pode até ser de fato e devemos experimentar coisas novas, mas também defendo o direito de alguns produtos você não abrir mão da qualidade por conta de alguns centavos mais caro, eu, por exemplo, adoro café, e tem que ser determinadas marcas, outras, que já experimentei vem com uma espécie de serragem dentro do pó e não abro mão de um bom café.

É um dilema, pois os vendedores de hoje foram treinados para empurrar os produtos de suas prateleiras, pouco importando o gosto do cliente, o que ele procura de fato naquela marca, o que ela tem de especial?
custava o vendedor, ser sincero na primeira vez e falar de bate pronto, “Não trabalho com esta marca”, só serve ela? Alguma outra te interessa? Porque só aquela marca?

Digo isto para sondar o cliente, identificar o que encantou o cliente naquele marca, aí sim, tentar falar das qualidades dos seus produtos, ter uma degustação ou algo assim, ser um especialista do produto que vende e parar com “Esta daqui também é boa” sem nunca ter experimentado o produto. Eu de fato para alguns produtos não compro uma marca que não conheço.

por Robson Joaquim

Anúncios

Gostou? Deixe seu comentário será uma honra!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s