Os Talentos Naturais de nossos Filhos


Quando criança, durante suas brincadeiras percebe-se que os pais sem muitos recursos financeiros, acaba por não poder comprar um brinquedo caro para seus filhos, e descobre nesta situação que o improviso é natural.
O Filho mais velho não tendo carrinhos com rodas acaba por pegar algumas caixinhas de creme dental e colar neles pequenos recortes retangulares e ovais na própria caixa, inocente e sem sentido se ver de fora, mas na visão da criança aquelas pequenas colagens são os faróis e as rodas do seu carrinho improvisado.
Desenha em algum pedaço de papel com os lápis coloridos e desgastados do colégio que precisam ser apontados com certa frequência, os vidros dos carros e seus “passageiros” do seu carro imaginário.
A irmã mais velha, no entanto, brinca com suas bonecas de retalhos que fazem parte de um pedágio de uma rodovia, ela rabisca alguns dos números no qual simboliza os custos de viagem em um pedacinho de papel e entrega ao viajante do carro, representado por seu irmão mais velho.
Enquanto seus pais discutem a situação financeira na sala, a irmã mais nova se aproxima e quer entrar na brincadeira, – “Eu serei a médica do hospital, caso tenha algum acidente na rodovia”, os irmãos mais velhos aceitam e a brincadeira flui durante horas no quintal da casa, todas com sua participação colaborativa e sem brigas, uma viagem de criança que não importa naquele momento não ter aqueles brinquedos caros, a imaginação vale muito mais.
Trinta anos depois o irmão mais velho se tornou desenhista, a irmã mais velha se formou em Matemática e a mais nova é bióloga em um grande instituto hospitalar, coincidência? Não sabemos.
O que podemos perceber agora como pais é que mesmo com recursos que damos aos nossos filhos que não tínhamos antes, não podemos deixar de reparar os talentos naturais de nossos filhos, com a correria que enfrentamos hoje, às vezes deixamos por não acompanhar o desenvolvimento dos nossos filhos, uma fase muito importante que pode até ajudar você a investir certeiramente no desenvolvimento profissional do seu filho… A pior coisa que se tem é trabalhar naquilo que não se gosta, e quantas pessoas conhecemos assim não é?
por Robson Joaquim
Anúncios

Gostou? Deixe seu comentário será uma honra!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s